Drakon – Making of

> Começamos com o desenho a mão, tradicionalmente feito a lápis no papel. É mais rápido, mais fácil de visualisar e muito mais prático. É claro que, como o importante de uma arte de concepção é passar a idéia, não podemos nos ater muito a detalhes, então a princípio, a forma geral é o mais importante.

> Depois preenchemos o fundo com um gradiente que ja nos fornece informações como direção da luz e diferentes tonalidades de sombra.

> Em seguida adicionamos uma camada de sombra e começamos o render partindo sempre  do mais claro para o mais escuro dos tons.

> Depois de acertar os tons mais esfumaçados das sombras, passamos então ao brilho, que vai acentuar a profundidade das sombras e marcar realmente o contraste que queremos.

> Passamos a camada de brilho por toda a peça, e conseguimos o efeito apresentado abaixo.

> Depois de acrescentar o brilho, vamos para o último passo de sombreamento, ue eu chamo de sombra dura. Ela marca mais o robô e mostra claramente a direção da luz mais forte que ilumina a máquina.

> Resolvi colocar uma segunda fonte de luz na cena, para reproduzir melhor o ambiente onde o robô se encontra, que seria dentro de um galpão, com fontes de luz mais fracas ao seu redor.

> Finalmente colorimos o robô usando ferramentas de máscara e controle de matiz cromática, podendo então separá-lo do fundo.

> Em se tratando de uma arte de concepção, e não de um trabalho comercial voltado ao público aberto, tomei a liberdade de procurar uma imagem na internet que melhor se enquadre nas referências de ambientação propostas para ser usada como plano de fundo.

> É claro que simplismente colocar uma imagem de fundo seria uma tentativa fajuta de criar uma ambientação, então a imagem e a ilustração passam por um processo de fusão, onde são adicionados sombras projetadas e efeitos de luz ambiente, criando uma interação da peça desenhada com o fundo fotográfico.

> A peça acima ja é a obra finalizada. É uma ilustração rápida e bonita o suficiente para entusiasmar o pessoal da produção, e passar a ambientação necessária para o entendimento do robô. Mesmo não sendo um desenho técnico, fornece informação introdutória até para a confecção de modelos em 3d. Espero que vocês tenham gostado desse making of ^^

Um comentário em “Drakon – Making of

  1. Pingback: Drakon Concept Art «

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s