São Paulo

Temporada 3 – Brasil

São Paulo

ETAPA 2 – São Paulo

  • SMS01 02/07/09 – Não é sempre que viajo de carro do Rio de Janeiro para São Paulo e, agora, sem meus primos, estou sozinho nessa empreitda. Alguns contatos meus em São Paulo disseram que me hospedariam, então tem algumas opções sobre onde dormir. O mais legal de seguir para uma das maiores cidades do mundo, é que vc percebe nitidamente várias alterações a medida que se aproxima dela. A mais notável, é que o céu deixa de ser azul, e passa a ser acinzentado, o que é uma pena. Claro que com o tempo vc se acostuma, e aquele cinza volta a ser azul, mas nunca é como o azul do interior do estado. Flareon está com a cara pra fora do carro, curtindo um vento enquanto viajamos, e logo logo estaremos chegando na terra da garoa ^^.
  • SMS02  03/07/2009 – Estou em um hotelzinho bacana nas proximidas da Avenida Paulista, e o pessoal da revista NW ficou sabendo de minha presença e me convidou para uma visita. Agora estou na mesa tomando café da manhã, mas em breve estarei na editora…
  • SMS03 – é estranho andar por São Paulo. É uma cidade tão grande, com tanta gente, que vc fica “diluido” na multidão. Vi alguns pokémons de rua, um glameow, vi pichus e até um grimmer perto de um bueiro. No céu alguns pidgeys passaram voando, mas nada além disso. Caminhar pela avenida paulista é muito legal. Cercado de prédios pelos dois lados, essa clássica avenida de São Paulo abriga grandes centros comerciais. Estava sol, então deixei bulbasaur sair da pokebola pra me fazer companhia enquanto seguiamos para o metrô…
  • SMS04 – na estação de metrô, um artista de rua fazia mímicas junto com seu mr. Mime… e enquanto o trem não vinha fiquei apreciando os movimentos precisos dos dois.
  • SMS05 – Seguindo para a editora, desci do metro na estação Vila Madalena, onde fiquei de encontrar um velho amigo meu. Seu nome é Marco, e estou ansioso em revê-lo. Marco é o que podemos chamar de “anti-pokemon”. Um cara gente boa, que não tolera muito bem essas criaturas mágicas. Tem loko pra tudo né, mas isso não atrapalha nossa amizade.
  • SMS06 – 04/07 – Depois de encontrar Marco, cancelei minha reserva no hotel, pois ele se ofereceu para me hospedar desde que eu mantenha os pokemons nas poke-bolas. Claro que se eu tivesse dinheiro nao incomodaria ele ou meus pokemons, mas dadas as atuais circunstancias… aceitei. Na noite passada saimos para comer pizza, e aproveitei pra deixar meus pokemons sairem pra passear… Snorunt ficou agitado com o clima da metropole. ^^ Agora estou sentado em um Frans café, tomando café da manhã, e seguindo para a editora. Flareon comeu o resto de minhas torradas ahuahuahauahuha
  • SMS07 – Almocei na Editora hj… ^^. Shaman (editor da revista EGW) tava sem tempo pra uma batalha, então ficamos no videogame mesmo. O clima lá é bem amistoso, e eles permitem que os pokemons circulem livremente pelo ambiente desde que não causem problemas. Enquanto eu conversava com o pessoal e mostrava meu lairon, chegou uma informação importante lá… e eles precisavam de alguém que entendesse bastante de pokemon… urgente. Oo… Agora estou no carro, a caminho das obras de expansão do metrô de São Paulo.
  • SMS08 – Não é o foco da editora esse tipo de notícia, mas de alguma forma me descobriram aqui. Quando chegamos no canteiro de obras fiquei pasmo com o tamanho do deslizamento que havia acontecido. Uma cratera se formou no terreno e dragou um guindaste e um caminhão. Quatro funcionários que trabalhavam na construção sob o solo estão desaparecidos… e o que eu tenho a ver com tudo isso? É simples. A causa de todo problema é um Onix imenso fora de controle…
  • SMS09 – Eu e Shaman conversamos com o mestre de obras, o engenheiro lider, e descobrimos que eles ja haviam detectados pequenos tremores anteriormente, mas nada significativo, então, não mais que de repente, a terra ruiu, e o Onix enfurecido surgiu. A equipe de resgate precisa descer o quanto antes, mas o Onix está lá embaixo impedindo o serviço. Claaaro que, com medo de machucarem o Onix, e com pressa para ajudar as pessoas, eu e Shaman decidimos descer… sozinhos. Oo
  • SMS10 – Assim que descemos, vestindo todo o apetrecho de segurança dos funcionarios, percebemos através do foco de luz das lanternas dos capacetes que o Onix não estava mais lá embaixo. Talvez tenha ido embora pelo túnel, ou não. Mas o caminho para o resgate dos funcionários estava livre.
  • SMS11 – 05/07 – Acordei cedo por causa do sol que entrava pela janela da sala do Ap de Marco, meu amigo anti-pokemon. Ele ja havia saído para trabalhar, e foi durante o café da manhã que eu tomava em um Frans café ao lado do prédio que meu celular tocou. Era o engenheiro de obras do metrô… Onix voltou!
  • SMS12 – Descemos aos túneis com calma, agora que estamos mais tranquilos pois não existe nenhum operário em risco. Shaman foi comigo, querendo cobrir esse fato pessoalmente e descobrir por que diabos esse Onix está atazanando a vida dos operários. No túnel escuro deixei meu Lairon sair da bola, sabendo que em túneis ele saberia se orientar bem e nos guiar com segurança… Agora estou sentado em uma rocha, no escuro, e com um pouco de calor. O túnel foi evacuado, e apenas eu, Shaman e Lairon estamos aqui embaixo, ainda sem sinal do Onix que vem arranjando problemas…
  • SMS13 – Depois de uma caminhada longa pelo túnel, apenas sob a luz das lanternas, Lairon ficou parado, apenas sentindo as vibrações do solo. Mais a frente, quase que completamente enterrado, estavam 3 ovos de pokémon. E só podia ser essa a razão de tantos problemas ^^. Não era “o” Onix… era “a” Onix, e estava defendendo seu ninho. Obviamente ocorreu a mim e a Shaman que estavamos muito próximos do ninho, e ainda não havia sinal algum da Onix… Bom, agora estou sentado do lado de fora do túnel, com uma toalha úmida limpando o rosto, e tudo foi resolvido. Vou explicar melhor assim que voltar para casa de meu amigo Anti-pokemon 😀
  • SMS14 – Depois de um bom banho quente e uma janta a base de pizza e videogame, me sentei na cama (colchão) para digitar essa SMS. Assim que encontramos o ninho a Onix apareceu furiosa… Foi inevitável travar uma batalha pokémon. Quando vi a fúria do Onix, não pensei duas vezes, ordenei que Lairon atacasse com uma cabeçada imediatamente, que pegou o Onix de surpresa. Ele caiu, então e imediatamente arremessei uma pokebola, que o capturou. Com “a” Onix sob controle o ninho foi removido do local, e Shaman se encarregou de levar o ninho e o Onix para um ambiente mais propício para que ela e seus filhotes possam crescer tranquilos.
  • SMS15 06/07 – O dia amanheceu com uma leve garoa, característica de São Paulo. Marco, meu amigo anti-pokemon ja havia saído para trabalhar, e meu dia estava sem muitas expectativas. Então decidi por fazer um programa diferente… digno da maior cidade do Brasil. Nada mais justo afinal que conhecer o maior prédio do Brasil =D… Peguei a mochila, o GPS, as pokébolas e parti. Agora estou em um dos 12 elevadores do edifício Mirante do Vale, subindo até o alto dos seus 170 m. de altura, passando por todos os seus 51 andares…
  • SMS16 – Agora estou debruçado no parapeito do terraço do edifício Mirante do Vale, e deixei meus pokemons saírem para apreciarem a vista. É incrível estar a 170 m. de altura e ver que todos os outros prédios estão abaixo de vc. É comum as pessoas pensarem que o Edifício Italia é o mais alto de São Paulo, quando na verdade ele está em segundo lugar na lista. Não é todo dia que vc pode ficar no topo da maior cidade do Brasil. É como se todo o ruido da metrópole desaparecesse, reduzido a um leve murmúrio. O vento forte e a brisa úmida e fresca são notáveis. O céu cinzento parece mais perto do que nunca. Houndour e Flareon se deitaram sob a cobertura irritados pela garoa, mas bulbasaur e os outros vieram curtir a vista comigo ^^…
  • SMS17 – 07/07 – Mais uma manhã em São Paulo, mais um ponto turístico. Depois de ajudar nas obras do metrô, nada melhor que curtir a maior malha metroviária do país, mas é claro que eu precisava fazer isso no melhor estilo PokeGeo. Logo cedinho fui até a central de comando do metrô de São Paulo. Graças ao passe que a PokeGeo me fornece, consegui autorização para entrar e conversar com o supervisor de operações ^^… Vem coisa boa por aí.
  • SMS18 – O supervisor se chamava Claudio, e me recebeu em uma aconchegante sala de reuniões onde pediu café para a secretária. Claudio era o estereótipo perfeito do nerd, magro, alto, com óculos e canetas no bolso da camisa. Pendurado no perscoço estava o crachá com sua foto, nome e identificação na empresa. Conversamos amistosamente, e ele disse que a rede metrôviária de São Paulo está muito aquém de uma das cinco cidades mais populosas do mundo, mas ainda assim é referência em higiene e segurança. Segundo ele, São Paulo também é a primeira cidade do mundo a fazer uso de pokemons na manutenção do metrô. “Temos uma time de oito Elekids treinados para detectar falhas elétricas nos cabos dos tuneis, e dez  chimechos que percorrem os vagões do metrô usando seu som para acalmar os passageiros” disse ele. E eu, obviamente, fiquei curioso para conhecer os pokémons ^^.
  • SMS19 – Depois de uma gostosa conversa na sala de reuniões, Claudio educadamente me surpreendeu pedindo um autógrafo em uma camiseta da PokeGeo que ele tinha. “Minha família acompanha seu blog, e adora a PokeGeo. Eles vão ficar felizes!” Disse ele. Claro que eu assinei a camiseta, apesar de não achar que meu autógrafo valha tanto assim. Então seguimos por corredores até um elevador que nos conduziu muito para baixo, onde carro de metrô nos esperava nos trilhos. “Não vamos andar de metrô, vamos apenas mostrar a você como tudo funciona.” explicou ele. Aquilo era um laboratório de treinamento pokémon, montado dentro da central do metrô de São Paulo!!!
  • SMS20 – 08/07 – A noite passada contei ao meu amigo anti-pokemon sobre o metrô tem trabalhado com pokemons, e ele deu o braço a torcer, que os Chimechos realmente ajudam a acalmar os nervos ^^. Ficamos jogando videogame e conversando sobre qual seria minha próxima etapa na minha jornada pelo Brasil. Eu não queria mostrar o Brasil que todos conhecem. Não fui ao Rio de Janeiro pra mostrar o Cristo, ou o desfile das escolas de samba. Não vim pra São Paulo pra mostar a avenida paulista, nem o museu do ipiranga. Acordei hj de manhã com a idéia de fazer planos, e me sentei no computador para olhar o mapa e tentar ter uma idéia. Os pontos principais do plano são os mesmos… PokeGeo não está me ajudando financeiramente nesta empreitada (torrei toda a verba no Egito ^^), então tem que ser prático e barato.
  • SMS21 – Seguinte, andei conversando com amigos meus pelo telefone, e as possibilidades são as seguintes: Viagem de estudos pelas cidades históricas de Minas Gerais, ou uma passeada rápida pelo nordeste a convite de uma querida amiga minha ^^. Então… saí para caminhar por São Paulo para espairecer, e logo peguei um táxi até um dos grandes shoppings da cidade… foi então que uma coisa estranha aconteceu…
  • SMS22 – Enquanto eu caminhava pelo shopping pessoas assustadas corriam da direção para onde eu estava indo. No começo fiquei bastante assustado também… Era um incendio!!! Uma das lojas do shopping estava em chamas. Era uma grande loja de produtos pokémon veterinários, e as pessoas corriam assustadas das labaredas. Meu primeiro reflexo foi me virar para correr também, até eu ouvir alguém gritando, então percebi que ainda haviam pessoas no interior da loja!
  • SMS23 – Nós nunca sabemos qual seria nossa reação em um momento de perigo, até passarmos pela experiência em si. Agora estou sentado em uma maca, do lado de fora do shopping, e provavelmente o acontecido vá sair no jornal. A loja que se incendiou era uma casa que vendia artigos pokémon valiosos, dentre eles, pokébolas feitas sob encomenda e balas raras. Quando ouvi as pessoas gritando corri em direção as chamas, mas o calor automaticamente me repeliu. O sistema anti-chamas do shopping foi acionado, e água começou a cair do teto, e mesmo assim as chamas urravam… Então peguei uma pokébola e arremessei na direção das chamas: “Vai Flareon!”
  • SMS24 – Flareon não é o melhor pokemon para apagar um incendio, mas eu não queria apagar as chamas, só tirar as pessoas de lá. E flareon é praticamente imune as chamas, ele entrou lá e voltou arrastando um homem, um cliente da loja talvez. Depois voltou para as chamas e saiu arrastando um garoto. E foi nesse momento que a equipe anti-incendio chegou, com seus Squirttles cuspindo potentes jatos de água. ^^
  • SMS25 -09/07 – Muito depois, conversando com os bombeiros, descobri que uma casal de ladrões acidentalmente colocaram fogo na loja quando abriram uma pokebola de concurso com “selo” de chamas. A dupla de ladrões atrapalhados (um homem e uma mulher que vestiam um estranho uniforme branco e levavam um meown com eles) fugiu antes que as autoridades chegassem e estão sendo procurados. Meu flareon ganhou uma condecoração de “bravura pokemon em ação de resgate”, e foi homenageado pelo corpo de bombeiros da cidade de São Paulo. Fiquei emocinado com a cerimonia. Agora estou sentado no sofá da sala de meu amigo Marco, e estamos observando o mapa mais uma vez para decidir meu destino. Hoje é provavelmente meu ultimo dia na metrópole.
  • SMS26 – sendo meu ultimo dia, meu amigo Marco conseguiu um “time out” do trampo pra caminhar comido pelo parque do Iberapuera. Muito agradável. Com espaço amplo, eu soltei todos os pokemons das pokebolas e nos divertimos muito. Amanhã, decidi seguir para Minas Gerais, onde Ana, uma conhecida minha disse que me ajudaria por lá.

< VOLTA

Etapa 3 – Minas Gerais  >

4 comentários em “São Paulo

  1. Pingback: ETAPA 2 – Brasil «

  2. É, realmente tem louco pra tudo…
    Tbm conheço uma Anti-Pokémon, mora quase do meu lado…
    A gente briga tanto que quando dizemos pra alguém que somos amigas, a reação + comum é essa pessoa cair na gargalhada…
    Ela vive falando: Essas coisas são do demônio, um dia eu vou te libertar dessa maldição, lary… e etc.
    Dá pra imaginar nossas “Guerras” quase q diárias, né? ahuahuahuahua kkkkkkkkkkkkkkkk rsrsrsrsrsrsrsrs huashuashuashuashuas

  3. Juro pra vc q não passou pela minha cabeça q esse Onix era uma fêmea protegendo o ninho… oO”
    Continue assim, suas aventuras são mais q demais!! ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s