TEMPORADA 2 – EGITO

Escolha a etapa da viagem Clicando na imagem.

ETAPA 1 – SUEZ

O Canal de Suez é um canal longo de 163 km que liga Port Saíd no mar mediterrâneo, até Suez no mar vermelho. Indícios apontam que os povos antigos ja trabalharam nesse mesmo canal, como mostram fatos datados a mais de 500 anos antes de Cristo. Atualmente o canal permite que navios naveguem da Europa até a Asia sem a necessidade de contornar a África pelo oceano Atlântico e, aproximadamente, 15.000 navios por ano atravessam cruzam suas águas, um montante em torno de 14% do transporte mundial de mercadorias.

canal de Suez

Clique para Viajar

ETAPA 2 – CAIRO

Maior cidade do Egito, tem cerca de 7.947.121 habitantes atualmente, fundada oficialmente em 969 d.c. A cidade é considerada um museu aberto por guardar a história em suas ruas e ja ter sido dominada pelos turcos e pelos franceses. É também sede da Liga Árabe, uma organização de 7 países, visando maior interação socio-econômica. A cidade fica a 25 km de distância de Mênfis, a mais antiga cidade capital do Egito, datada de 3.200 a.C., onde são encontrados entre tantos monumentos históricos o Colosso de Hamsés II e a Esfinge da décima nona dinastia.

Cairo

Clique para Viajar

ETAPA 3 – ALEXANDRIA

Abrigando o principal porto de entrada de mercadorias do país e sendo a maior cidade comercial do Egito, Alexandria é a segunda maior cidade, com mais de 3 milhões de habitantes. Ficou famosa na história da humanidade por tornar-se a capital do conhecimento do homem durante o império de Alexandre o grande, e guardou uma das maravilhas do mundo antigo, o farol de Alexandria. Foi também em Alexandria que uma das maiores bibliotecas da época do imperador foi construída, e ainda não se sabe a quantidade de tesouros foram queimados quando um incendio destruíu o prédio.

Alexandria

Clique para Viajar

ETAPA 4 – SIWA OASIS

O Oasis Siwa fica a cerca de 500 quilômetros de Cairo e apenas 50 km da fronteira com a Líbia. Tem mais ou menos 80 km de extensão. É sabido que pessoas ja viviam no oasis desde 10.00 A.C., mas as evidências que ligam esse povo ao Egíto antigo só apareceu na 26º dinastia, quando foi construída no Oasis a grande Necrópolis. Muitas outras construções foram erguinas no território do Oasis, principalmente depois da chegada do império de Alexandre o Grande, e existem indícios que os Romanos usavam o Oasis como local de banimento, deixando lá pessoas e criminosos como punição. Os primeiros europeus a chegarem no Oasis depois dos Romanos foi em 1792, guiados pelo inglês Willian George Browne, até o Templo do Oráculo. Na língua do Egito antigo Siwa quer dizer “terra das palmeiras”.

Siwa

clique para viajar

ETAPA5 – ASWAN

Aswan era a antiga cidade de Swenet, a mais longínqua fronteira ao sul do império do antigo Egito. A cidade de Swenet leva o nome de uma deusa, mais tarde identificada pelos gregos como Heileithyia, e pelos romanos como Lucina, durante a ocupação romana do Egito. Aswan é marcada por suas rochas das quais o granito se destaca e tem inúmeros templos esculpidos direto na rocha nua. Outro destaque da região de Aswan, são as ilhas fluviais de Philae localizadas no Nilo e tidas como antigos centros comerciais entre as cidades ancestrais de Moroe e Menphis.

Siwa

Clique para viajar

Anúncios